O conhecimento é um tesouro, mas a prática é a chave para alcança-lo. (Thomas Fuller)

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Professores acatam proposta do Governo e decidem suspender a greve

Os professores do estado decidiram suspender a greve que começou no dia 12 de agosto. Em assembleia encerrada às 17h, 95% da categoria acatou uma série de propostas apresentadas pelo Governo do Estado durante reunião com a secretária de Educação, Bethânia Ramalho, e o procurador-geral, Miguel Josino. Segundo Fátima Cardoso, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte), nas últimas 24 horas houve uma intensificação nas negociações com a categoria.

Entre as propostas acatadas em assembleia, ficou decidido que o pagamento do terço da hora-atividade será feito em seis parcelas, a partir de setembro. Além disso, será enviado um projeto de lei para alterar o plano de carreira que, segundo a categoria, atualmente há um prejuízo de 10% de um título para outro; haverá também a convocação de 166 professores concursados; os funcionários da Educação receberão um reajuste ainda não definido na gratificação; e 69 escolas da rede estadual serão recuperadas. “Vamos acompanhar rigorosamente esse projeto de melhoria das escolas”, disse Fátima Cardoso.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação, também ficou acordado que o corte dos pontos dos professores grevistas serão suspensos, com a condição de que os educadores apresentem um calendário de reposição de aulas. “Se não houver cumprimento das propostas, voltaremos à greve. Já que os alunos estão prejudicados, esperamos que o Governo tenha juízo e cumpra o que foi prometido”, disse a representante do Sinte.